Delação de Zwi Skornicki é homologada pelo STF

14/10/2016

 Foto: Reprodução / Facebook

 

O acordo de delação premiada do engenheiro Zwi Skornicki, preso na 23ª fase da Operação Lava Jato (batizada de Acarajé), foi homologado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki.

 

De acordo com o portal G1, a informação foi informada em documento protocolado pelo Ministério Público Federal (MPF) no sistema da Justiça Federal do Paraná, destinado ao juiz federal Sérgio Moro.

 

Atualmente em prisão domiciliar, Skornicki é acusado de intermediar propinas do esquema de corrupção da Petrobras – ele citou em depoimento que pagou US$ 4,5 milhões, a título de caixa 2 da campanha da presidente Dilma Rousseff, ao marqueteiro João Santana, também detido na mesma etapa junto com a esposa, Mônica Moura.

 

O acordo de delação prevê que Zwi terá de devolver US$ 23,8 milhões obtidos ilegalmente e mantidos em offshores, além de mais de 50 obras de arte.

 

De acordo com os procuradores do MPF, ele também poderá pegar no máximo 15 anos de prisão em penas unificadas nos processos relacionados à Lava Jato.

 

Fonte: Bahia Notícias 

 

 

Compartilhar Facebook
Compartilhar Twitter
Please reload

1/3
Posts Em Destaque

Trator é entregue a Associação Comunitária do São José

08/08/2020

1/10
Please reload

Categorias
Curta
  • Facebook Basic Square
Arquivo
Please reload

  © 2016 Virtual Trend Comunicação - Todos os Direitos Reservados