Reportagem do Fantástico denuncia fraudes em ingressos em cursos de medicina na Bahia


Foto Fantástico / Divulgação

Universidades públicas da Bahia são alvo de acusação de fraude no ingresso de estudantes através de cotas. A instituição com mais casos investigados é a Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb).


De acordo com reportagem do Fantástico, veiculada neste domingo (16/10), em 2013, uma estudante, já com três anos do curso de medicina, foi expulsa e condenada por falsidade ideológica por ter ingressado na Uesb pela cota de quilombola.


Uma denúncia anônima levou ao afastamento de Maiara Aparecido Oliveira Freire, que tinha se declarado moradora do Quilombo da Rocinha, na cidade de Livramento de Nossa Senhora.


De acordo com a reportagem, quatro universidades da Bahia informaram, após recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), que 32 alunos entraram nas instituições por declaração de quilombolas, sendo 22 oriundos do Quilombo da Rocinha.


Desses 22 estudantes, 11 entraram no curso de medicina. A Uesb disse que investiga os casos. Além da universidade do sudoeste, casos de fraude foram denunciados também na Universidade Federal do Recôncavo (UFRB).


Uma aluna, que preferiu não se identificar disse que já denunciou de 12 a 13 casos de ingresso irregular por cotas no curso de medicina. O Ministério Público disse que no próximo mês haverá uma audiência pública para apurar as irregularidades e desenvolver formas de evitar as fraudes.


Fonte: Bahia Notícias

1/3
Posts Em Destaque
Categorias
Curta
  • Facebook Basic Square
Arquivo
UMA EMPRESA
DA VIRTUAL TREND
  © 2016 Virtual Trend Comunicação - Todos os Direitos Reservados