147 prefeitos eleitos correm risco de não assumir, TSE vai priorizar julgamentos

31/10/2016

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou neste domingo (30) que 147 candidatos a prefeito mais votados em suas cidades ainda precisam ter o registro aprovado na Justiça Eleitoral para conseguirem assumir o mandato.

 

Tratam-se de candidatos que disputaram a eleição com dúvidas sobre sua elegibilidade ou que tiveram as campanhas contestadas pelo Ministério Público ou por adversários.

 

Caberá ao TSE analisar a situação de cada um para decidir se poderão tomar posse como prefeitos.

 

Em muitos casos, como o registro não estava aprovado, o segundo mais votado já pode ter sido declarado eleito pela Justiça Eleitoral.

 

Presidente do TSE, o ministro Gilmar Mendes disse que dará “toda a prioridade” para a resolução desses casos.

 

“Sem dúvida nenhuma, esse é um esforço que teremos de fazer, daqui até dezembro, para definirmos todas as situações”, afirmou.

 

Fonte: G1

 

Compartilhar Facebook
Compartilhar Twitter
Please reload

1/3
Posts Em Destaque

Aloisio Rebonato confirma que é pré-candidato a prefeito de Macaúbas

July 10, 2020

1/10
Please reload

Categorias
Curta
  • Facebook Basic Square
Arquivo

Publicidade

Please reload

  © 2016 Virtual Trend Comunicação - Todos os Direitos Reservados