Juiz impede ônibus da empresa Novo Horizonte de seguir viagem

19/11/2016

 Foto: Divulgação / Folha do Vale

 

Um ônibus de passageiros da Viação Novo Horizonte que tinha como destino a cidade de Salvador e partiu da cidade de Guanambi ao chegar em Caitité foi impedido de seguir viagem ontem à noite (18).

 

Isso porque um dos passageiros era o Juiz José Eduardo das Neves Brito e impediu que o veículo continuasse seu itinerário.

 

 

Segundo o Juiz, o ônibus não apresentava boas condições e colocava a vida de todos em perigo, “o sistema de injeção eletrônica do carro apresentava defeito, cortando constantemente o combustível e deixando o veículo fraco (sem força motora), o que poderia acarretar um acidente ou problemas no trecho das rodovias onde passaríamos”, relatou.

 

O magistrado chamou a polícia para resolver a situação e um outro ônibus veio para que os passageiros pudessem seguir o seu destino.

             Juiz José E. N. Brito (Foto: Direcom / PMC)

 

De acordo com os passageiros o juiz foi sensato, mas precisou vivenciar um problema que segundo os relatos acontece diariamente envolvendo os ônibus da Empresa Viação Novo Horizonte.

Um passageiro disse: “o juiz agiu corretamente em sua decisão, mas isso só aconteceu porque ele era passageiro do ônibus. A decisão do juiz se baseou em seu bem-estar primeiro, se ele não tivesse no carro teríamos viajado como viajamos todos os dias correndo risco. Espero que ele agora possa fazer justiça”, concluiu.

 

 

 

Informações: Folha do Vale

Compartilhar Facebook
Compartilhar Twitter
Please reload

Publicidade

1/3
Posts Em Destaque

Em meio a pandemia, UPA de Macaúbas é tratada com descaso pela prefeitura

April 20, 2020

1/10
Please reload

Categorias
Curta
  • Facebook Basic Square
Arquivo
Please reload

  © 2016 Virtual Trend Comunicação - Todos os Direitos Reservados