Câmara de Macaúbas realizou Sessão na noite desta quinta


(Foto: Marcos Rita Sant'Ana / Macaúbas Notícias)

Na noite desta quinta-feira (19), a Câmara Municipal de Macaúbas realizou a segunda Sessão Ordinária deste ano de 2017.


Mais uma vez um bom público acompanhou a Sessão, os integrantes do Movimento Todos Por Macaúbas, munidos de faixas e cartazes pediram uma solução para o problema da falta de saneamento básico em Macaúbas.

(Foto: Marcos Rita Sant'Ana / Macaúbas Notícias)


A SESSÃO


Após leitura da ata da primeira Sessão, iniciou-se o grande expediente, onde os vereadores têm até 05 minutos para se pronunciarem.


O vereador Ié foi o primeiro a falar e solicitou do presidente que seja cumprido nessa legislatura o Artigo 45 da Lei Orgânica que pune com perda do mandato os vereadores que faltarem 1/3 das Sessões sem justificativa.


O vereador Ricardo Costa informou que o prefeito Amélio Costa Junior (Amelinho) já esteve na Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia, para buscar junto ao Estado a realização da obra de saneamento básico, mas que será necessário atualizar a planilha que está defasada para pode fazer a reivindicação da obra.


O vereador Carlinhos disse que esteve na serra visitando os colégios municipais e pode apurar as péssimas condições a situação precária que se encontram os colégios.


O vereador Valmir apresentou uma indicação ao executivo (veja abaixo indicação), solicitando que os subsídios que são pagos aos médicos do programa federal Mais Médicos, passe dos R$500,00 pagos hoje para R$2500,00.


A prefeitura paga hoje, aluguel, alimentação, água, energia elétrica mais R$500,00 de ajuda de custo, a indicação do vereador sugere que a prefeitura deixe de pagar essas contas e pague R$2500,00 para cada médico do programa, para que eles possam ter a liberdade de poderem alugar sua casa, fazer seu mercado onde e como desejar, que assim trará mais liberdade e dignidade aos médicos em sua maioria cubanos.


A vereador Marcia Benda, falou sobre a importância do saneamento básico para a saúde, porem destacou que é necessário darem início aos atendimentos emergenciais da saúde que está um caos no município.


O Vereador Vandinei falou do péssimo atendimento ao público, na qual os macaubenses e moradores da região que necessitam de algum atendimento em Macaúbas recebem na maioria ou em todos os órgãos municipais, informou que pretende protocolar um oficio ao executivo, sugerindo que seja realizado cursos para capacitação de atendimento.


O Vereador Roberto falou sobre o problema da falta de água na comunidade de Santa Apolônia, que a situação está crítica, e solicitou da presidência da Câmara a convocação do diretor do SAAE para discutirem soluções para esse problema.


O vereador Tio Pata, falou sobre o problema de carga e descarga na rua da feira, que está vendo a hora de acontecer uma tragédia devido a circulação dos caminhões no meio da grande quantidade de pessoas que estão fazendo a feita.


O vereador Marcelo Nogueira falou sobre a situação na qual está sendo feita a limpeza urbana, que ele presenciou garis trabalhando debaixo de sol das 13:40h sem nenhum equipamento de proteção, questionou se essas pessoas passaram por exames médicos antes de iniciarem seu trabalhos para apurar se eles tem condições de trabalharem nessa situação, e pediu para que algo seja feito que um horário alternativo seja estudado para que essas pessoas não precisem enfrentar o sol escaldante que faz em Macaúbas.


O vereador Té Oliveira falou das cobranças das estradas vicinais do município, destacou que esteve visitando e constatou que as maquinas não estão em condições de uso que ofereça segurança para seus operadores, que eles irão deixar as maquinas em condições e pediu um pouco de paciência a população. O vereador também falou sobre o hospital de Macaúbas, que esteve no local conversando com as pessoas e que já pode ser notada a diferença no hospital.


O presidente Anderson Gumes, falou que a casa está aberta e deseja ser parceira desta luta pelo saneamento em Macaúbas, destacou que essa não é uma obra que a prefeitura possa realizar, que é necessário cobrar o Estado, haver uma mobilização para cobrar o Estado, que vem deixando a desejar, que vem se esquecendo da nossa região.


Todos os vereadores destacaram a importância do saneamento básico e se colocaram à disposição para ajudarem nessa luta e frisaram que é de fundamental importância a união de todos.


O presidente Anderson Gumes anunciou a formação das Comissões Permanente da Câmara para o período de 2017/2018 que ficou com a seguinte disposição:


- Comissão permanente de Legislação, Justiça e Redação


Presidente: Ricardo Luciano Figueiredo Costa

Secretário: Marcelo Antônio Nogueira Costa

Relator: José dos Anjos Santos


- Comissão permanente de Finanças, Orçamento, Fiscalização, Obras e Serviços Públicos


Presidente: José dos Anjos Santos

Secretária: Márcia da Silva Benda

Relator: Marcelo Antônio Nogueira Costa


- Comissão permanente de Educação, Saúde e Assistências


Presidente: Valmir Conceição dos Santos

Secretário: Marciel Costa Souza

Relatora: Márcia da Silva Benda


- Comissão de Economia, Planejamento Urbano e Meio Ambiente


Presidente: Antônio do Rego Malheiro

Secretário: Vandinei David de Souza

Relator: Ricardo Luciano Figueiredo Costa


Em seguida foi atendido o pedido de uso da palavra do Sr. Pompilho, que falou da situação do hospital de Macaúbas.


(Foto: Marcos Rita Sant'Ana / Macaúbas Notícias)

Sr. Pompilho relatou que o hospital de Macaúbas não deu motivos para que se pudessem falar bem dele, que no todas as vezes que precisou de atendimento ele nunca conseguiu, e que no final de dezembro passado quase perdeu um filho por negligencia médica.


Relatou que uma pessoa ficou 12 horas na observação do hospital sem ser observada por ninguém que se tivesse que morrer a pessoa teria morrido, que a pessoa chega em Paramirim sabe que vai ser tratada e que em Macaúbas a pessoa não sabe se vai melhorar ou arruinar de vez.


E pediu de cada vereador um olhar com mais atenção para a saúde de Macaúbas.


Em sequência foi iniciado o pequeno expediente onde cada vereador teve 03 minutos para fazerem suas explanações.


O presidente Anderson Gumes, falou que tem projeto para que seja implantado no hospital e postos de saúde sistema de som, o que obrigaria o médico a sair e atender os pacientes uma vez que o seu nome seria ouvido em todo o canto, o que deverá sanar a grande reclamação da população que é de chegar para ser atendido e o médico não se encontrar no consultório fazendo a espera pelo atendimento aumentar e muito, e a necessidade do recepcionista deixar a recepção e sair em procura pelo médico.


Após algumas questões de ordem o presidente deu por encerrada a Sessão.


1/3
Posts Em Destaque
Categorias
Curta
  • Facebook Basic Square
Arquivo
UMA EMPRESA
DA VIRTUAL TREND
  © 2016 Virtual Trend Comunicação - Todos os Direitos Reservados