Macaúbas diz NÃO a Reforma da Previdência

15/03/2017

 (Foto: Marcos Rita Sant'Ana / Macaúbas Notícias)

 

 

Nesta manhã de quarta-feira (15) uma grande manifestação organizada pela APLB com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Macaúbas e Agentes comunitário de Saúde do município aconteceu em Macaúbas.

 

Pedro Leite (Caixinha), diretor da APLB falou com exclusividade para o Macaúbas Notícias os motivos da manifestação, veja o vídeo abaixo.

 

Pedro Leite (Caixinha), diretor da APLB falou com exclusividade para o Macaúbas Notícias os motivos da manifestação

 

Os trabalhadores de diversas áreas em sua maioria professores se concentraram na sede da APLB e motivados pelas palavras do Padre Osvaldino da Paróquia de Macaúbas, saíram em passeata pelas ruas da cidade, manifestando-se contrários à reforma da previdência a PEC 287/2016 (veja vídeo e fotos no final da matéria).

 

Se a PEC for aprovada no Senado e sancionada pelo Presidente da República os trabalhadores homens e mulheres terão que contribuir por 49 anos com a previdência e ter no mínimo 65 anos para se aposentarem, ou seja terão que começar a contribuir com 16 anos.

 

Conforme a passeata avançava ia ganhando corpo e mais pessoas se juntaram para entoar ainda mais forte o grito de NÃO a PEC 287.

 

Líderes sindicais, religiosos, comunitários, vereadores, servidores públicos e trabalhadores dos mais diversos segmentos se uniram a causa.

 

Veja abaixo vídeo e fotos da manifestação

 

 Macaúbas diz NÃO a PEC 287 - A Manifestação

 

 Fotos: Marcos Rita Sant'Ana / Macaúbas Notícias

 

Compartilhar Facebook
Compartilhar Twitter
Please reload

Publicidade

1/3
Posts Em Destaque

Em meio a pandemia, UPA de Macaúbas é tratada com descaso pela prefeitura

April 20, 2020

1/10
Please reload

Categorias
Curta
  • Facebook Basic Square
Arquivo